“PORQUE A VIDA MERECE SER VISTA COM BONS OLHOS”

Av. Mundurucus, 3059 Cremação - Belém CEP:66.040-033

Tecnologia moderna de imagem diagnóstica de alta resolução, que utiliza o princípio de interferometria de baixa coerência e por meio de cortes na estrutura ocular permite a observação tecidual de maneira não invasiva. É baseado na análise digital da estrutura da retina e coriocapilar, como se fosse um corte histológico da mesma, mostrando suas várias camadaas, a partir da leitura da reflexão de uma luz infravermelha projetada no fundo do olho, por meio de uma fonte superluminescente de diodo.

Aberrometria 

Este é um exame que estuda os defeitos refracionais do olho que afetam a qualidade da visão como ofuscamento, brilho e diminuição da visão noturna.

Avaliação Neuro Visual

Avaliação de Vias Lacrimais 

Teste que avalia a produção de lágrimas, quando se suspeita de olho seco. Uma pequena fita de papel é colocada sob a pálpebra inferior e a quantidade de umedecimento é medida.

Avaliação Órbito Paplpebral (Oftalmodinamometria)

A oftalmodinamometria é um exame complementar de diagnóstico realizado aos olhos. Este exame realizado com um oftalmodinamómetro permite medir a pressão arterial mínima e máxima das veias que irrigam a retina.

Avaliação para Piloto

Avaliação Sensorial

Biomicrospia de Fundo

Avalia a condição em que se encontra a retina, em diversas patologias e indicações cirúrgicas. É um exame importante para o acompanhamento de afecções como: glaucoma, retinopatia diabética, retinopatia por hipertensão, alterações da mácula, tumores oculares, etc.
Campo Visual Computadorizado

Curva Diária de Pressão Intra-ocular (CDPo)

Consiste na medição da pressão intra-ocular em diferentes horários ao longo do dia.

É muito importante no diagnóstico e no monitoramento do glaucoma, pois sabe-se que a pressão intra-ocular sofre oscilações nas 24 horas. Geralmente se faz 3 a 4 medidas distribuídas entre as 8 e 18 horas. Mais raramente interna-se o paciente para medidas à noite e pela manhã no leito.

Consulta Pré-Anestésica
Desde 01 de fevereiro, os pacientes cirúrgicos passam pela Consulta Pré-Anestésica, mais uma iniciativa que agrega segurança e qualidade à assistência. Durante a avaliação, o anestesiologista conhece tanto a doença cirúrgica atual, quanto o quadro geral do paciente. No contato, são checados os exames realizados, as medicações em uso, eventuais alergias e história familiar e pessoal relacionada à anestesia em cirurgias anteriores. Todas as dúvidas do paciente também são esclarecidas, gerando com isso maior conforto.

Ecobiometria -(Biometria Ultrassônica)

Biometria Ultrassônica é um exame realizado para determinar o valor da lente intra ocular para implante em cirurgia de catarata com o Biômetro A-scan Digital Sonomed Microscan 100A+.

 

Ecografia B (Ultrassonagrafia Ocular)

Ultrassonografia Ocular é o exame oftalmológico que avalia as estruturas internas do globo ocular (cristalino, cavidade vítrea, retina) e a cavidade orbitária (músculos, nervo óptico, órbita e gordura orbitária).


Exame Ortóptico – Exame de Motilidade Ocular

Exame de motilidade ocular com a realização de testes com a função de analisar a movimentação ocular e a percepção de estímulos visuais, permitindo caracterizar de maneira mais detalhada a ocorrência de estrabismo e ambliopia.

 

FDT

Analisa certos tipos de células retinianas para o diagnóstico precoce de glaucoma. Não substitue o exame de campo visual.

Gonioscopia

Exame que analisa o ângulo da câmara anterior do olho (seio camerular). Indispensável para o tratamento e diagnóstico de glaucoma.

Teste e Adaptação de Lente de Contato

O teste para adaptação de lentes de contato é necessário para complementar as informações sobre a curvatura e eixo das lentes, bem como avaliar o conforto do paciente com seu uso.

Teste de Rosa Bengala

Permite observar se existem células epiteliais danificadas na superfície da córnea e da conjuntiva, além de auxiliar no diagnóstico de algumas doenças reumatológicas. Esse fato ocorre quando há um baixo volume lacrimal e ajuda a diagnosticar casos de olho seco. O procedimento é realizado com auxílio de um corante especial denominado Rosa Bengala, que é instilado no olho do paciente.

Teste de Schirmer

Visa a avaliar se o olho produz suficiente quantidade de lágrima para manter-se lubrificado. É indicado para pacientes com suspeita de olhos secos e como exame auxiliar no diagnóstico de algumas doenças reumatológicas. O teste consiste na colocação de uma tira de papel filtro na junção do 1/3 médio e lateral das pálpebras inferiores. Após 5 minutos, as tiras de papel filtro são retiradas. A quantificação da produção de lágrima é feita pela medida da extensão do papel filtro que ficou úmida

Teste de Sensibilidade de Contraste ou de Cores 

Exame que avalia a capacidade de diferenciar as tonalidades das cores, que pode se modificar com aparecimento de doenças oculares. Essa avaliação não deve ser usada como o único critério para o diagnóstico e tratamento.

 

 

Teste de Sobrecarga Hídrica

O Teste de sobrecarga hídrica verifica de forma indireta a capacidade de drenagem do humor aquoso (líquido interno do olho) , ou seja, medida da pressão intraocular após ingestão de 1 litro de água em 5 minutos.

 

 

Teste de Visão Funcional

 

Teste de Cores (Ishihara)

Utilizado para identificação de discromatopsias, popularmente conhecidas como daltonismo. São apresentados alguns cartões coloridos ao indivíduo. Eles possuem vários círculos com cores ligeiramente diferentes e alguns números no centro dos círculos que apenas o indivíduo com visão normal consegue ver.

 

Teste Visão Cores/Cromática (Daltonismo)

 

Tonografia – Oftaldinamometria

 

Topografia de Papilas

 

Topografia Corneana (Galilei)

  • Diagnóstico e evolução de ceratocone;
  • Avaliação pré e pós-operatória na cirurgia refrativa (correção da miopia, astigmatismo e hipermetropia) e de catarata;
  • Estudo de afecções oculares que podem afetar a óptica do olho (doenças corneanas);
  • Usuários de lentes de contato;

 

Trabeculoplastia com Laser de Argônio

A lasertrabeculoplastia é um procedimento eficaz para certos tipos de glaucoma (glaucoma primário de ângulo aberto, glaucoma pigmentar, glaucoma exfoliativo).

Está indicada quando o tratamento clínico não está sendo eficaz no controle do glaucoma. Consiste na aplicação do laser de argônio na malha trabecular (porção do sistema de drenagem) para promover um aumento da saída do humor aquoso, com consequente redução da pressão intra-ocular)
É realizada com anestesia tópica, em regime ambulatorial, com o auxílio de uma lente especial que se apoia sobre a córnea. É um procedimento rápido, indolor. Após o tratamento é prescrito colírio anti-inflamatório e é solicitado ao paciente que mantenha seus colírios hipotensores. Eventualmente o tratamento clínico será reduzido, dependendo do resultado, mas muito frequentemente é mantido.
A complicação mais importante são picos de hipertensão logo após as aplicações, geralmente auto-limitados e de fácil controle.

 

Verde Lissamina

O Exame de Lissamina Verde é usado para determinar o grau de comprometimento das células da superfície da córnea e da conjuntiva, provocado pela baixa proteção do filme lacrimal.

A impregnação do corante verde, aplicado via colírio, pode identificar e ajudar no diagnóstico de Olho Seco e determinar a sua gravidade.

 

YAG Laser – Capsulotomia

Exame realizado com laser Nd: YAG laser, indicado principalmente para tratamento de opacidade capsular no pós-cirúrgico de catarata. Em alguns casos a cirurgia de catarata pode evoluir para uma opacidade em uma região do olho chamada de cápsula posterior, na qual a lente intraocular está apoiada. Essa opacidade evolui com piora na visão após a cirurgia, chamada por alguns como de segunda catarata, pois a visão volta a ficar turva. O processo de aplicação do laser elimina essa opacidade, restabelecendo a visão.

 

 

Microscopia Especular

O exame de Microscopia Especular da Córnea é um exame de visão que permite realizar a contagem do número de células endoteliais da córnea e analisar o aspecto das mesmas, identificando qualquer degeneração ou atrofia do tecido.

 

Neurofisiologia Visual

 

 

OCT – Glaucoma

A tomografia de coerência óptica (do inglês, optical coherence tomography, OCT), realizada pelo Stratus OCT, fornece medidas em tempo real das várias camadas do fundo-de-olho, incluindo análise quantitativa e objetiva da espessura da camada de fibras nervosas da retina, que formam o nervo óptico e são a primeira estrutura afetada pelo Glaucoma.

Exame fácil de ser realizado, na maioria das vezes não exigindo dilatação, reduz a necessidade de interpretação subjetiva de resultados. O Stratus OCT compara os resultados do seu exame com um banco de dados de pessoas normais e com alterações sugestivas de glaucoma, fornecendo um indicativo de em que grupo você se encontra.

OCT – Retina

 

PAM (Potencial de Acuídade Visual a Laser)

Este método de medida da acuidade visual avalia o potencial de acuidade visual mesmo em caso de opacidade relativa de meios (catarata, hemorragia vítrea, leucoma). É capaz de fornecer o prognóstico do desempenho visual de uma cirurgia, podendo ser decisivo na indicação de uma intervenção operatória. É um método subjetivo e depende da resposta do paciente.
Indicado na avaliação pré-operatória de cirurgia de catarata, transplante de córnea, cirurgia refrativa, vitrectomia, etc. Indicado ainda na avaliação pós-operatória de cirurgia de catarata e transplante de córnea, e no acompanhamento de doenças de córnea.

 

 

Paquimetria Ultra-Sônica

Exame indicado para medir a espessura da córnea através de uma sonda de ultrassom. Utilizada em casos de glaucoma, ceratocone, cirurgia refrativa, edema de córnea e outras doenças que podem ocasionar alteração na espessura da córnea.

 

Retinografia Colorida

consiste na fotografia do fundo do olho. O exame permite a documentação de alterações na retina e no nervo óptico, fundamental no acompanhamento de doenças progressivas.

 

Retinografia Fluorescente (Angiografia)

Retinografia Fluorescente ou Angiofluoresceinografia: analisa a retina, a coróide e os vasos sanguíneos através de fotos obtidas com uma iluminação especial e com uso de filtros. O exame utiliza um contraste chamado fluoresceína que permite o estudo de camadas diferentes dessas estruturas do fundo do olho. É utilizado para o acompanhamento e diagnóstico de doenças como a retinopatia diabética, degeneração macular, oclusões vasculares da retina, entre outras.

 

 

Angiofluoresceinografia

Angiofluoresceinografia é um procedimento diagnóstico que utiliza uma câmera fotográfica especial para tirar uma série de fotografias da retina, que é a camada sensível à luz e que reveste o interior do globo ocular.

 

Angiografia com Indocianina Verde

Exame de contraste endovenoso com indocianina verde utilizado para análise da circulação dos vasos da retina e principalmente dos vasos da coróide. É utilizado para diagnosticar possíveis alterações no fundo de olho e para orientação para futuros tratamentos.

Autofluorescência

Avalia o metabolismo da retina por revelar alterações anatômicas no epitélio pigmentado da retina e atualmente é um exame utilizado para diagnóstico de doenças genéticas e hereditárias da retina.

Biometria ultra-sônica

Cálculo da distância entre a parte mais externa e a mais interna do olho, para determinar o grau da lente intra-ocular a ser implantada nos pacientes operados de catarata.

Biometria Óptica (IOL Master)

Exame para verificar com mais precisão o grau de lentes para implante em cirurgia de catarata.

Campimetria manual 

Exame realizado com o campímetro manual (Goldmann). Permite um exame detalhado do campo visual periférico, o que não é possível com os aparelhos computadorizados.

Campimetria Computadorizada

Exame que avalia o campo visual central e periférico, detecta alterações no campo de visão e auxilia no diagnóstico de doenças que afetam o nervo óptico.

Capsulotomia Yag-Laser 

Exame realizado com laser Nd: YAG laser, indicado para tratamento de opacidade capsular no pós-cirúrgico de catarata.

Ceratoscopia computadorizada

Também chamada de Topografia da Córnea, é o exame que mostra detalhadamente as variações da curvatura corneana, permitindo o diagnóstico de patologias da superfície da córnea. É também muito utilizado para a adaptação de lentes de contato.

Curva tensional diária

Exame realizado para o estudo do comportamento da pressão ocular durante o dia. É indicado no diagnóstico do glaucoma e no acompanhamento do seu tratamento.

Estéreo-foto de papila 

Exame que permite observar se existem alterações no disco óptico ou papila. Através de fotografias é possível estudar o disco óptico e suas formas, contornos, relevo, tamanho, coloração e escavação.

 

Fotocoagulação (laser) 

Tratamento de doenças de retina com raios laser. Este exame permite controlar as doenças na grande maioria dos casos, evitando que a pessoa evolua para uma perda visual grave.

Gonioscopia

Exame que analisa o ângulo da câmara anterior do olho (seio camerular). Indispensável para o tratamento e diagnóstico de glaucoma.

Iridectomia Yag-Laser 

Exame que realiza uma perfuração na periferia da íris para permitir a passagem direta do humor aquoso da câmara posterior para a câmara anterior, realizando a perfeita drenagem da íris.

Mapeamento de retina (oftalmoscopia indireta) 

Exame complementar que avalia todo o fundo do olho e as suas estruturas.

Microscopia especular de córnea 

Exame que analisa a córnea, realizando a contagem do número de células da camada mais interna e apresentando o aspecto destas que podem conter algum tipo de degeneração ou distrofia.

 

Potencial de acuidade visual (PAM)

Este método de medida da acuidade visual avalia o seu potencial mesmo em caso de opacidade relativa de meios (catarata, hemorragia vítrea e leucoma). É capaz de fornecer o prognóstico do desempenho visual de uma cirurgia, podendo ser decisivo na indicação de uma intervenção operatória. É um método subjetivo e depende da resposta do paciente.

Retinografia

Exame que fotografa regiões do fundo do olho, como retina, nervo óptico, coroide e vasos sanguíneos. É eficiente no diagnóstico e no acompanhamento de doenças que afetam estas estruturas.

Retinografia Panorâmica

Busca analisar na íntegra o fundo ocular, alterações precoces que podem existir em algum tipo de patologia, possui filtros especiais que permitem a fotodocumentação diversos campos do globo ocular.

Teste de sensibilidade de contraste ou de cores 

Exame que avalia a capacidade de diferenciar as tonalidades das cores, que pode se modificar com aparecimento de doenças oculares. Essa avaliação não deve ser usada como o único critério para o diagnóstico e tratamento.

Teste do reflexo vermelho em recém-nato (teste do olhinho) 

O teste do olhinho (ou o teste do reflexo vermelho) é um exame que deve ser realizado rotineiramente em bebês na primeira semana de vida, preferencialmente antes da alta da maternidade, e que pode detectar e prevenir diversas patologias oculares, assim como o agravamento dessas alterações, como uma cegueira irreversível.

Teste e adaptação de lente de contato

O teste para adaptação de lentes de contato é necessário para complementar as informações sobre a curvatura e eixo das lentes, bem como avaliar o conforto do paciente com seu uso.

Tomografia de Coerência Óptica (OCT)

Tecnologia moderna de imagem diagnóstica de alta resolução, que utiliza o princípio de interferometria de baixa coerência e por meio de cortes na estrutura ocular permite a observação tecidual de maneira não invasiva.É baseado na análise digital da estrutura da retina e coriocapilar, como se fosse um corte histológico da mesma, mostrando suas várias camadas, a partir da leitura da reflexão de uma luz infra-vermelha projetada no fundo do olho, por meio de uma fonte superiluminescente de diiodo.

Tonometria

Processo de medição da pressão interna do globo ocular. Esse teste é muito comum em pacientes com suspeita de glaucoma.

Ultra-sonografia diagnóstica 

Método de diagnóstico e acompanhamento de patologias oculares, que mediante a emissão de ondas sonoras de alta frequência, permite a visualização das estruturas do olho internamente. Também serve para o diagnóstico e acompanhamento de patologias que aumentam o tamanho do globo ocular, como o glaucoma congênito e tumores intraoculares.

WhatsApp chat